• Home
  • Notícias
  • Soluções Subterrâneas com Transformador Pedestal
Soluções Subterrâneas com Transformador Pedestal
Postado 18/02/2020 14:03:19

Soluções Subterrâneas com Transformador Pedestal

Os transformadores modelos pedestal são projetados para operar em locais com movimentação intensa de pessoas e animais e cujo fornecimento de energia elétrica é feito por meio de redes subterrâneas. Pelo elevado nível de segurança que oferecem, esses equipamentos são cada vez mais aplicados em ambientes de convivência como parques, praças, instituições de ensino, shoppings, bem como em instalações com acesso controlado, mas que recebem grande fluxo de pessoas como nas empresas por exemplo.

Este tipo de transformador, também conhecido como pad-mounted, possui características especiais e um modelo construtivo mais compacto, o que possibilita sua instalação em locais com limitações no espaço físico. Também é considerado o equipamento ideal para localidades onde não é possível ou viável a construção e instalação das subestações abrigadas convencionais.

 

Características do Transformador Pedestal

Uma das principais características dos transformadores pedestal são as proteções integradas, que além de proporcionarem segurança, permitem que eles operem em ambientes abertos, expostos a todos os tipos de variações climáticas. Outro detalhe importante no quesito segurança são os fusíveis de proteção (tipo baioneta) que são acionados automaticamente em caso de surtos externos e podem ser facilmente substituídos em campo. Outro dispositivo de segurança que merece destaque neste modelo de transformador, são os fusíveis limitadores de corrente que protegem o equipamento contra surtos internos e sua operação implica no envio ao fabricante para substituição.

Este conjunto de acessórios, aliado ao formato e às características construtivas do transformador pedestal mantém as partes energizadas inacessíveis e protegidas contra vandalismo ou contato acidental. Isso impede também o acesso não autorizado aos pontos energizados.

Esses transformadores também podem ser fabricados com fluido isolante de origem vegetal, que além proporcionar melhor refrigeração do equipamento, tem um forte apelo ambiental por se tratar de um material biodegradável.

Visando atender a grande diversidade de projetos de redes subterrâneas, as configurações desses transformadores possuem variações que permitem diferentes tipos de conexão à rede elétrica. Nas versões de ligação radial o sistema é convencional, apresentando três terminais de MT, já nas versões em que o sistema adotado é o de ligação por anel são instalados seis terminais de MT, o que permite a continuação do circuito e evita a paralização total da planta em caso de manutenção ou outro tipo de intervenção na rede.

 

Instalação

Além de seguro e prático, o modelo construtivo do transformador pedestal possibilita que o equipamento opere próximo ao centro de carga do sistema instalado. Isso reduz os custos dos materiais utilizados nas instalações.

Devido à sua compactação, os transformadores desta linha se assemelham à subestações portáteis, próprias para instalações em áreas descobertas com circuitos subterrâneos. No entanto, é importante que os pontos onde esses equipamentos serão instalados sejam preparados adequadamente. Para isso o fabricante deve fornecer o desenho da base de concreto devidamente dimensionada, indicando os locais de acesso dos cabos de entrada e saída.

 

Conexão

As ligações dos cabos de média tensão ao transformador pedestal são feitas por meio de conectores isolados blindados, TDC (terminal descontável cotovelo) e/ou TDR (terminal descontável reto). Eles são divididos em duas categorias, deadbreak, para desconectar sem carga e loadbreak para desconectar com o equipamento energizado. Os dois modelos devem ser especificados de acordo com o padrão de cada concessionária. Para as conexões de baixa tensão são utilizados os conectores padrão dos transformadores convencionais.

 

Modelos construtivos:

Potências de 45kVA a 3.000kVA

AT: Classe 15kV, 25kV e 36kV

BT: tensões 220/127 V, 380/220 V ou 440/254 V

NBI: 95kV, 125kV e 150kV

* Outras características sob consulta.

 

O arranjo dos componentes e dimensional destes transformadores seguem a padronização da NBR-5356 e da IEEE-C57.12.34 em sua versão vigente, aliado às especificações/folhas de dados dos clientes para as informações que não constam nas normas.


Autor:

Johnny Guimarães

Gestor de Produtos


Você pode se interessar também por:

Catálogo Técnico Transformador Pedestal

Assine nossa news para receber notícias e atualizações